quarta-feira, 27 de agosto de 2014



                                       O  MUNDO  DA  DROGA  E

                              O TESTEMUNHO DOS QUE A VIVERAM

 “ Quando o vício atinge o chamado ponto máximo  - deixar de tomar a droga sem qualquer ajuda clínica  -  é puro suicídio. Para já não falar do sofrimento que provoca a saída forçada. Há uma teoria médica que diz que a reação ansiolítica que segue à falta de droga, é o oposto à sensação que se obtem depois de fazer uma injeção. No entanto sabe-se que a dor é fisiológica e não psicológica. Os sintomas podem ser descritos, e as reações sobre o organismo tornam-se bem evidentes. A vítima fica desfeita. Morrer é um caminho mais fácil do que viver. “

 “ Há quem afirme que um viciado é um doente que rouba para manter o vício. Que nunca acontece molestar as pessoas mas sim os seus bens. Não se acredite nisso , pois se é verdade que tal acontece
 numa parte dos casos, na outra parte a violência gratuita surge quando menos se espera contando-se exemplos de viciados que maltratam idosos, até octogenários, mesmo da PRÓPRIA FAMÍLIA : pais, avós, etç, nalguns casos chegando até à violação sexual desses mesmos idosos. Todos os dias  se lê isso nos jornais “.

  “ O efeito de algumas mães  ( as chamadas mães galinhas ) que tentam isolar os filhos do mundo rodeando-os de um extraordinário amor maternal, fazem com que esses filhos se vejam impossibilitados de aprenderem a construir as suas próprias defesas contra o mundo que os rodeia.  A prova-lo está a necessidade constante em querer dar nas vistas sem o conseguir, obtendo apenas falsos amigos que os procuram explorar e enganar. Não toleram uma emenda ou um riso por qualquer coisa que não façam correta.
  Isso obriga-os a afastar-se de todos e a sonhar sozinhos sobre tudo o que não conseguem atingir. “
  “ Os seus heróis são os que tenham muito e demonstrem poder. Os que vistam bem, tenham bons carros, não importa a maneira como os obtêm. Quando são inteligentes e ambiciosos, constroem um mundo de ilusões sobre os alicerces que ninguém lhes ofereceu, embora os seus sonhos pudessem ter sido fecundos se a sua personalidade TIVESE SIDO BEM ORIENTADA. E o pior é, segundo a sua própria opinião, não cometem erros, conseguindo orientar sempre as suas opiniões até ao ponto de demonstrar que os outros é que estão errados, incluído o próprio pai, se não concorda com o comportamento da mãe “.-
  Os viciados formam um grupo de personalidade desordeira que não se consegue integrar na sociedade. Pertencem sempre à oposição.  Para manterem o seu vício sabem que têm de manter a ordem. Por isso quando vêm ter connosco dizem só parte da verdade.
     Os drogados não têm amigos  e o amor é um luxo “.
  Para a sociedade o drogado não passa de uma coisa sem importância…


                                                        - 10 –

Sem comentários:

Enviar um comentário